22-22
  /  Consultoria de Imagem   /  O Poder da Cor – Dopamine Dressing

O Poder da Cor – Dopamine Dressing

Cor + cor – foto por @chikolaev

Há cerca de uma semana uma menina muito querida chegou ao pé de mim e disse-me: “Leonor já reparaste que estás super na moda? Tu já te vestias assim, mas agora está muito na moda o uso de cor!” <3 minha querida Suh, eu referi que há uma razão para isso estar a acontecer, neste específico momento, devido aos acontecimentos que têm acontecido nestes últimos 2 anos. E hoje vou-vos contar qual a razão por isto estar a acontecer, e por a moda estar tão virada para a utilização de cor.

E tu já reparaste? Já reparaste que as tendências estão muito viradas para a utilização de muita cor?! A cor tem efeitos psicológicos, físicos e psicossociais como refiro no meu E-book. E após os períodos conturbados que temos passado existe uma necessidade de ir à procura de estar bem, estar feliz. É aqui que te apresento este novo conceito Dopamine Dressing, a imagem de esperança durante a pandemia foi sem dúvida o arco-íris à janela acompanhado de “Vamos ficar todos bem”.

E para perceberes o impacto da moda nas nossas vidas e como ela pode reflectir os momentos que vivemos… durante o período de confinamento a moda voltou-se completamente para a roupa de casa, fatos-de-treino e roupa confortável. Com tantos desafios e com a saúde mental a ser globalmente afectada surge esta necessidade de roupa colorida, para nos levantar o estado de espírito aka “mood” – trabalhar a partir de casa, muitos com câmaras desligadas, não nos arranjarmos, estarmos de pijama all day… não ajuda muito para a nossa motivação, auto-estima e cuidado. 

Mas o que é isto de Dopamina?

Dopamina é um neurotransmissor responsável por levar informação para diversas áreas do nosso corpo, algumas delas ligadas à sensação de prazer, felicidade, motivação e movimento que têm um papel fundamental. A desregulação da dopamina está relacionada a transtornos neuropsiquiátricos como doença de Parkinson e Esquizofrenia. Quando os níveis de Dopamina estão equilibrados vais te sentir mais feliz, mais motivada, com maior líbido e vais te sentir incrível.

Mas Dopamine Dressing não é apenas vestires-te com cores fortes ou padrões coloridos. E como eu digo regularmente na imagem “não existem receitas feitas”, o que funciona ou faz sentir bem uma pessoa, pode não ser a solução para a outra, porque apesar de haver um estudo da psicologia das cores, há certas associações que fazemos através das nossas experiências pessoais.

E é apenas o uso de cor que define este Dopamine Dressing?

Não… o conceito surge de vestir o que te faz feliz, transpor a felicidade para a moda por meio de cores fortes, texturas, brilhos, padrões e volumes.

De acordo com a VeryWellMind, Dopamine Dressing é sobre auto-percepção, vestires-te com a intenção de dar um boost ao teu estado de espirito. Escolheres um look que te faz sentir bem e feliz, em vez de pensares em opiniões alheias.

Surgiu comigo, também, quando me apercebi que estava a vestir cores mais fortes para camuflar ou disfarçar alguma emoção menos positiva, cores que me fizessem sentir bem! E se isso está a acontecer contigo, se achares que as questões são mais profundas e não chega apenas uma alteração de estado. Aconselho-te a procurares algum tipo de ajuda ou terapia do foro psicológico. Foi o que eu fiz, mas achei curiosa esta questão. Achei por bem pesquisar mais sobre o assunto, deparando-me com este termo “Dopamine Dressing” (Vestuário Dopamina ou Moda Dopamina).

Como é que a cor pode dar um boost à tua Dopamina?

Está comprovado que o uso de cores, roupa com brilhos, padrões vibrantes e roupa que te faça sentir bem… fazem-te sentir melhor de uma forma geral. Isto deve-se à dopamina que é um neurotransmissor e em junção com a seratonina são criadas as “hormonas da felicidade”.

As cores têm diferentes significados. Vemos cores no mundo, na natureza e usamos o que vemos e aprendemos para criar novas tonalidades. A Pixar percebeu como criar emoções com recurso à cor e tem vindo a fazê-lo desde 1995. A maioria dos filmes da Pixar utilizam uma palete de cores específica como mapa de orientação.

A cor é feita de luz. A luz comprime diferentes ondas de energia e quando essa energia é absorvida pela nossa pupila, passa pela retina e transformasse em impulsos nervosos (conduzido através do nervo óptico) até ao cérebro (córtex visual) onde é processada.

Tenho que adicionar cor ao meu guarda-roupa?

Está claro que eu sou suspeita a falar deste assunto mas adicionar cor ao teu guarda-roupa é das formas mais fáceis para levantar o teu mood. Mas como sabes, sou uma defensora do teu estilo pessoal. E não concordo com a saída da tua identidade visual para outra completamente diferente.

Sei que existem pessoas cujo estilo está muito vincado. Utilizam mais neutros, ou preto, ou branco e mais gangas. Estas cores que eu costumo dizer: “mais fáceis de usar”. Caso não te faça sentido adicionar cor, poderá ser através dos pormenores, acessórios ou materiais diferentes esta experimentação.

Daí ser tão importante conheceres o teu Estilo Pessoal e saberes adaptá-lo (caso sintas essa vontade) às modas que vão surgindo, que por norma estão ligadas a conceitos mais profundos e a uma expressão do que ocorre no mundo em que vivemos.

Ficaste curios@? Podes saber mais sobre cor, a sua simbologia e coordenação no meu E-book “O Teu Estilo, as Tuas Regras”.

Bem! Já não escrevia um artigo aqui no Journal há imenso tempo! Foi óptimo, e espero que tu também gostes. Já sabes alguma coisa que precises, por favor não hesites.

Kiss kiss

Comments

  • 29 Março, 2022
    Carla Perdigão

    Hello,
    Em primeiro lugar deixa me dizer que adorei o artigo e que me identifiquei com algumas coisas.
    Eu era super “basica a vestir me, usava muito preto, branco e cinzento até que apercebi que precisava de cor na minha vida e na minha roupa e resolvi mudar o meu guarda roupa e comecei pelos ténis e blazeres com cores diferentes e até camisolas de malha. E agora o desafio são calças. Não o fiz só por moda mas por realmente me fazer sentir melhor.
    E não usar só no verão que por norma usamos roupa mais colorida por haver mais sol e no inverno cores mais escuras.
    E depois apercebi me que os africanos gostam muito de cores vivas e alegres que apesar de tudo são pessoas animadas e felizes á sua maneira.e a cor é uma forma de trazer alguma felicidade ás suas vidas.
    Obrigada por trazeres este tema e fazer-nos perceber o porque do Poder da Cor.

    Beijinhos com muita cor

  • 5 Abril, 2022
    Elsa Peixoto da Silva

    Olá Leonor!

    Adorei o teu artigo, estamos sempre a aprender.
    Não sou adepta da moda, sempre me vesti consoante os meus gostos, optando pela diferença e assim me tenho sentido bem.
    O Arco-Íris é um reflexo de que as cores são realmente maravilhosas e eu, talvez como natural de África , sou sim amiga de cores e fascinada quando olho para o céu e ele resolve aparecer, poucas vezes mas compensa contemplá-lo de tanta beleza que possui.
    Parabéns.
    Beijinhos

Leave a comment